MIÚDO CONSEGUE PROJECTO DE CENTRAL DE PRODUÇÃO DE ENERGIA SOLAR

O ministro da Energia e Água, João Baptista Borges, ladeado pelo governador da província do Moxico, Gonçalves Muandumba, testemunhou o importante acto simbólico da colocação da primeira pedra do Projecto da Central Solar Fotovoltaica, na província do Moxico, mais precisamente na cidade de Luena. Vale a pena recordar que este projecto faz parte do programa de construção de 7 centrais fotovoltaicas solares em 6 províncias do país, que juntas totalizam 1 milhão de painéis solares, capazes de gerar 370 MW de energia limpa e renovável, que garantirão o abastecimento regular a mais de dois milhões de pessoas que vivem nestas zonas, principalmente em zonas rurais.
A capacidade de produção deste projecto, hoje iniciado em Luena, é de 26,906 MWdc, sob a responsabilidade do consórcio empreiteiro Sun África, LLC (Developer) / M. Couto Alves-Vias, SA / M. Couto, SA (EPC COMPANY).
Sobre a importância do projecto, o Ministro da Energia e Água, João Baptista Borges, mencionou que um dos grandes objectivos para os próximos cinco anos será aumentar para 50% a taxa de electrificação do país, a descarbonização, a redução do consumo de gasóleo e portanto a enorme poupança por parte do Estado que pode ser utilizada noutros domínios ou projectos. Segundo o governador, outro aspecto importante diz respeito à equidade regional em termos de desenvolvimento.
Evento encerrou com o momento simbólico da colocação da primeira pedra.

INFORMAÇÕES TECNOLÓGICAS, COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL E OFICINA DE IMPRENSA DA MINEA, Luena, 9 de Junho de 2022

Artículos recientes

Historias relacionadas

Manténgase en op - Ge las noticias diarias en su bandeja de entrada