VENCEDORAS PEQUENAS INFRA-ESTRUTURAS DO SECTOR DA ÁGUA PARA CABINDA

A província de Cabinda ganhou quinta-feira, 30 de Junho de 2022, o sistema de abastecimento de água à cidade de Cabinda, que também abastecerá a aldeia de Lândana, no município de Cacongo, e permitirá que a água chegue a mais de 630.000 pessoas na primeira fase, e subsequentemente expandir a sua rede com a implementação de 70.000 ligações domésticas.
Por ocasião da primeira inauguração, o Ministro da Energia e Água, João Baptista Borges, inaugurou a ETAR Sassa Zau – Bissassanha, enquanto o centro de distribuição Luvula – Lândana foi inaugurado pelo Governador da Província, Marcos Alexandre Nhunga. Ambos os actos foram testemunhados pelo Presidente da Bancada Parlamentar e Coordenador do acompanhamento da Mesa Política do MPLA em Cabinda, Vírgilio de Fontes Pereira.
Na sequência das duas inaugurações, a delegação partiu para visitar a Central Termoeléctrica de Malembo, onde verificou a instalação de mais 25 MW de capacidade, que se encontra em fase de comissionamento e que deverá entrar em funcionamento comercial na primeira quinzena de Julho.
No município de Cabinda, funcionários do governo inauguraram o Centro de Distribuição de Tchizo.
Inaugurado, o ETA Sassa Zau dependerá da bacia do rio Chiluango e está localizado na aldeia de Bissassanha, num terreno de 17 hectares. Tem um edifício administrativo; tanque de pré-oxidação e mistura rápida; edifício de dosagem; 3 decantadores; edifício de filtros; câmara de operação; tanque de água tratada; bomba, ventilador e edifício auxiliar; edifício gerador; linha de lodo; estradas; vedação e portaria, totalizando 6.431,55 m2 de área bruta de construção.
O Centro de Distribuição Luvula – Lândana, por outro lado, está localizado numa área de 3.300,00 m2 de área bruta de construção, e tem dois tanques de 500 m3; um tanque elevado de 50 m3; câmaras de manobras; sala de bombas; cobertura do gerador; estradas; vedação; áreas ajardinadas e PT AI 250 KVA, totalizando 1.050 m3 de reserva de água. Finalmente, o Centro de Distribuição de Tchizo, também inaugurado hoje, tem uma área bruta de instalação de 7.912,00 m2, contém 4 tanques de 5.550 m3; 375 m3 de tanque elevado; edifício de escritórios; 2 câmaras de manobra; edifício gerador; edifício de bombas; estradas; vedação; áreas ajardinadas e PT AI 250 KVA suportadas.
No total, 22.575 m3 de reserva de água.
Segundo o ministro João Baptista Borges, com a entrada em funcionamento deste sistema de reforço, são garantidas melhores condições para as populações beneficiárias. O Ministro acrescentou que este é um esforço que o Executivo liderado pelo Presidente da República, João Manuel Gonçalves Lourenço, tem vindo a desenvolver, e agradeceu a boa interacção com o governo local, em coordenação com o Ministério da Energia e Água, para a conclusão deste objectivo. João Baptista Borges salientou ainda que as obras agora inauguradas começaram há cerca de 5 anos.
Em nome de todo o povo de Cabinda, o Governador Marcos Alexandre Nhunga apelou à conservação das infra-estruturas e à conservação dos materiais pelos cidadãos das localidades agora inauguradas.

MINEA INFORMATION TECHNOLOGY, INSTITUCIONAL COMMUNICATION AND PRESS OFFICE, Luanda, 30 de Junho de 2022

 

Artículos recientes

Historias relacionadas